Vidabrasil circula em Salvador, Espírito Santo, Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo Edição Nº: 295
Data:
30/11/2001
Capa | Edições anteriores| Assine já | Fale com a redação
Página visitada: 1300453 vezes
» Índice
» Editorial
Um peso, duas medidas
» Turismo
Uma viagem de sonho é o que proporciona o Explorer of the Seas, o maior navio de cruzeiro do mundo
» Paladar
Uma visita fantástica à região de Champagne, coração dos mais famosos vinhedos do mundo
» Autos
Ferrari 360 Spider sai da fábrica de Maranello com motor V8, 400 cavalos e 8500 rpm
» Triangulo
Gratz surpreende adversários ao apoiar a lei que extingue a imunidade parlamentar
» Boca Miuda
Sueli em campo
Boca Miuda

Sueli em campo  
 
Sueli Vidigal (PDT) está em campanha para deputada estadual.  
Teria sido a condição imposta por ela ao prefeito Sérgio Vidigal (PDT), na Serra, para não colocar a boca no trombone.  
 
Ser ou não ser  
 
Em “A Tribuna” saiu que o senador Gerson Camata vai ser candidato a governador, em “A Gazeta” a versão era inversa, no mesmo dia.  
Gerson Camata tirou a dúvida em conversa com um veterano jornalista da cidade: “A versão da ‘Tribuna’ é a correta. Posso ser candidato. ‘A Gazeta’ quis agradar o Paulo Hartung, que morre de medo que eu me alie ao Max (Mauro)”.  
 
 
Lá vai ele  
 
Stélio Dias, depois dos trancos e barrancos, está de saída da Secretaria de Estado da Educação.  
Sua passagem pela pasta nos últimos meses foi marcada pelo insólito hábito de despachar numa sala disponibilizada pela Assembléia Legislativa. Antes de qualquer decisão, porém, passava pelo gabinete de um certo e astucioso parlamentar.  
O deputado José Tasso de Andrade (PFL) deve ir para seu lugar.  
Mas só até abril, quando terá que sair para disputar a reeleição.  
 
Agrado do chefe  
 
O governador José Ignácio Ferreira recebeu muitas homenagens no último dia 12: almoçou com auditores, consultores e fiscais e jantou com procuradores na Lareira Portuguesa.  
Tudo por conta do gesto dele de dar 100% de aumento na gratificação para os auditores e consultores e elevando para R$ 0,40 o ponto de produtividade dos fiscais e procuradores.  
Como eles fazem no mínimo 10 mil pontos por mês, vão faturar R$ 4 mil só de produtividade.  
 
Abriu de vez  
 
O senador Paulo Hartung botou o bloco na rua e começou a levar pau de tudo quanto é lado.  
Começou a divisão da chamada oposição quando o deputado Max Mauro (PTB), desafiando o cacique Theodorico Ferraço, anunciou seu rompimento com Hartung e sua candidatura a governador, com as bençãos da direção nacional do partido.  
É briga das boas, com Hartung mais isolado. Sérgio Vidigal e Magno Malta já debandaram para os lados de Max.  
 
Terror  
 
Antigamente terrorismo de informação se fazia com os famosos mosquitinhos, aqueles papéizinhos soltados na calada da noite com notícias que destroçavam os inimigos políticos.  
Isso caiu de moda. A onda, agora, é o território livre da internet, onde a nova fonte de terror entre os capixabas é o site www.diariodaverdade.om3.net.  
 
Rose candidata  
 
Amiga de longa data do presidente Fernando Henrique Cardoso, a deputada Rose de Freitas (ex-PSDB, atual PPB) está na Câmara como suplente. Volta para casa, assim que Nilton Baiano resolver assumir o mandato.  
Mas já articula tão bem que a coluna da Joyce, na “Época”, deu uma nota de que ela será candidata ao governo do Estado.  
 
Bruxa solta  
 
A bruxa baixou na segurança pública.  
Voltaram a ocorrer chacinas na Grande Vitória, coincidindo com uma série de denúncias de boicote ao Programa de Planejamento de Ações de Segurança (Pro-Pas).  
E parece que quando o urubu está de azar o de baixo faz no de cima.  
O jovem Luciano Nascimento Pimentel, 18 anos, assassinado por um tiro que saiu da arma de um sargento do módulo dos Corredores de Segurança no Bairro Ulysses Guimarães, em Vila Velha, trabalhou como voluntário em um dos programas do governo.  
 
Privatização à vista  
 
A imprensa diária inteira comeu mosca.  
Esqueceu o assunto e, em pleno feriado, o DNER publicou o edital que prevê a privatização da Rodovia Mário Covas (BR 101) e da BR 262 no Espírito Santo, junto com um pacote que envolve a cobrança de pedágio em rodovias por todo o país.  
Mas houve quem tenha repercutido e o Ministério dos Transportes publicou outra nota dizendo que o edital saiu indevidamente.  
Parece mais que alguém tentou armar e se deu mal. Cabeças devem ter rolado.  
 
Facilidades no Sul  
 
O procurador da República, Ronaldo Albo, parece ter finalmente aceitado a promoção para o Rio Grande do Sul.  
Notório investigador de denúncias contra governos, e principalmente contra o jogo do bicho, em Porto Alegre Ronaldo Albo deverá taer o seu trabalho facilitado. Poderá investigar as denúncias contra o governo do PT com o governador Olívio Dutra já indiciado pela Assembléia.  
Como se sabe, o PT foi um grande aliado do procurador em seu incansável trabalho de investigação das denúncias contra o governo do Espírito Santo.  
Só que aqui a Assembléia inocentou o governador José Ignácio.  
 
Pimenta  
“Isso é golpismo”  
 
Reação do governador do PT gaúcho, Olívio Dutra, ao ser indiciado por improbidade administrativa por uma CPI da Assembléia Legislativa.  
Engraçado é que, quando José Ignácio chamava de golpismo a tentativa do PT e aliados de afastarem-no do governo, eles riam.  
Pimenta no olho dos outros...  
 
Diálogo  
 
Havido entre dois empresários:  
Um: - Nenhum de nós resiste a uma devassa.  
Outro: - Principalmente se for jovem e bonita.

  
Sueli em campo

Gerson Camata

Stélio Dias

O governador José Ignácio Ferreira

Vidigal...

... Malta...

...Mauro

Copyright © 2001, Vida Brasil. - Todos os direitos reservados.