Duas feras da Lotus

segunda-feira, 12 de março de 2012

A Lotus prometeu novidades interessantes para o Salão de Genebra e não defraudou as expectativas. A marca britânica revelou a semana passada no certame europeu duas novas variantes dos seus modelos, sendo que um é uma proposta para um desportivo híbrido. Quanto a este último, trata-se do Evora 414E Hybrid, modelo que serve como montra tecnológica da Lotus, oferecendo 414 cv de potência num conjunto dinâmico bastante avançado.

Duas feras da Lotus



Assim, conta com dois pequenos motores elétricos, cada um controlando cada roda traseira de forma independente e permitindo a atribuição díspar de binário a cada uma das rodas para assim melhorar o capítulo dinâmico. A energia elétrica é acumulada em baterias de polímeros de lítio otimizadas para alta densidade energética e eficiência, as quais estão montadas no centro do veículo para melhorar a estabilidade e a segurança.

A autonomia é melhorada por intermédio de um pequeno motor 1.2 litros de três cilindros, desenhado especificamente para veículos híbridos. Em termos de prestações, este Lotus cumpre os 0 aos 100 km/h em cerca de quatro segundos, com autonomia de 483 quilômetros. Dispõe ainda de modo ECO ou Sport, este último com possibilidade de mudar as (sete) velocidades através de manopla atrás do volante. A integração com o condutor também foi melhorada através do sistema HALOsonic Internal and External Electronic Sound Synthesis, que nada mais é do que um sistema desenvolvido em parceria entre a Lotus e a Harman com o objetivo de oferecer uma experiência sonora distinta.

O outro modelo apresentado em Genebra é o Lotus Exige S Roadster, numa proposta para desfrutar o tempo de verão. Este modelo aparece com teto em lona, contando com suspensão melhorada para comportamento dinâmico mais responsivo e comportamento ágil. O motor 3.5 V6 com tecnologias inspiradas na competição permitem chegar aos 100 km/h em 4 segundos e aos 160 km/h em 8,5 segundos. A velocidade máxima para este modelo é de 233 km/h e tem emissões de apenas 236 g/km de CO2. Uma das características deste Lotus é o seu baixo peso, menos de 1100 kg, tornando-o assim num dos roadsters mais leves do mercado.

O Roadster surge com caixa manual de seis velocidades, mas também pode contar com a caixa SPS (Serial Precision Shift), transmissão automática/sequencial com acionamento atrás do volante. O Exige pode receber ainda duas opções de suspensão, sendo que à standard se junta a opção Race Pack, para uso em pista e máxima performance. 

Os valores de consumos para o Exige S Roadster ficam-se pelos 10,1 l/100 km de média, enquanto as emissões CO2 cifram-se nos 236 g/km de CO2.

 



Autor: Celso Mathias
Publicação vista 1281 vezes


Existe 0 comentário para esta publicação
Enviar comentário


Confira na mesma editoria:
Volvo V90 T8 Plug-in Hybrid – classe sueca
Volvo V90 T8 Plug-in Hybrid – classe sueca
Novo GLE Cupê SUV da Mercedes e a versão AMG
Novo GLE Cupê SUV da Mercedes e a versão AMG
Copyright 2014 ® Todos os Direitos Reservados.